Blog da Morg


O Rito e o Amadurecimento

Posted in Atualidades por Morgana Gualdi Laux em junho 22, 2008
Tags: ,

Na civilização espartana, os ritos de passagem eram fundamentais, uma vez que o menino aos sete anos se desprendia do lar para provar por meio da caça o seu crescimento e a sua transformação. No entando, na nossa sociedade, as cerimônias perderam o seu significado. Por quê?

Os momentos que marcam a passagem de um ciclo para o outro são de extrema importância. Eles acrescentam experiência ao indivíduo, já que são inevitáveis as modificações mentais. A gravidez delimita o ciclo da menina-mulher e dá início ao da mulher-mãe, fazendo a então adolescente ter responsabilidades a cumprir. A morte também demonstra uma passagem, contudo ela exige maturidade do homem, posto que é preciso enfrentar tal problema delicado para, conseqüentemente, vivenciar a renovação.

Os ritos são essenciais. No entando, é visível a carência deles na sociedade. O ser humano está-se desenvolvendo com rapidez. Sendo assim, transpõe fases indispensáveis já que, no futuro, precisará delas para transpor outras barreiras impostas. A gravidez acrescenta aspectos positivos á futura mamãe, porém adiciona negativos as que não estão preparadas para a situação, posto que não terão firmeza para lidar com os atos.

Os ritos de passagem são extremamente necessários. É preciso o homem vivenciar todos momentos, pois cada um deles lhe dará experiência e maturidade para enfrentar e solucionar os impasses que surgirão.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: